Regressar

Flavia Company, Luciano Lozano A escola da Haru

A Haru dá o sinal. Começa a dança de movimentos para alcançar a posição adequada. As pernas, os ombros, o olhar, as mãos, o arco. Relaxamento, concentração, observação. Todos respiram ao mesmo tempo, com a pausa necessária para manter a calma. Nada os distrai. Nem o voo das aves nem a leve agitação das árvores mais próximas.
Simultaneamente, como se fossem uma só, as quatro setas saem a voar até ao seu destino, como em breve farão os alunos ao saírem do dojo.

Também disponível em catalão Também disponível em espanhol

Autora

Flavia

Flavia Company. Chamo-me Flavia. O meu nome surpreende sempre as pessoas quando me perguntam como me chamo. Talvez seja por isso que, desde bem pequena, me atraem as palavras. Aos cinco anos comecei a tocar piano e aos sete já queria juntar letras às minhas melodias. Comecei a escrever poemas, depois contos e mais tarde romances.

Um segredo? Estou sempre à procura de ideias debaixo das pedras. E aí as encontro, à minha espera.

Gosto muito de livros. Quando abro um, é como se entrasse numa gruta mágica ou chegasse a um planeta ainda por descobrir. Passo horas e horas a ler, muitas vezes a bordo do meu veleiro, o Proteo. Porque, na verdade, também gosto muito de navegar. Como se fosse um pirata. E, então, imagino que chego a ilhas desertas ou a terras desconhecidas. Que descubro animais que falam ou árvores que andam.

Penso que nós, os que nos dedicamos a escrever, somos muito, mas muito amigos dos que leem os nossos livros. E estou convencida de que vocês também se tornarão muito amigos da Haru e dos seus alunos. Não é verdade que poderiam ser um dos meninos ou meninas que vivem no dojo? Pensem nisso!

Autor

Luciano

Luciano Lozano. Nasci no mesmo ano em que o homem pisou a lua pela primeira vez. Talvez seja por isso que, desde pequeno, viajo muito. Há dez anos que trabalho como ilustrador. Antes, estudei turismo, e todos os meus empregos tinham estado relacionados com viagens, desde agências de viagens a comboios e aeroportos. Estive no Japão duas vezes. A primeira foi uma aventura de cinco dias em Tóquio sem reserva de hotel e sem saber muito bem o que fazer. Regressava do meu primeiro ano de ilustração em Londres e passei os cinco dias a desenhar. Surpreendeu-me imenso a estética japonesa, e tenho a sensação de que essa viagem e essa estética se fundem, de alguma maneira, no meu trabalho de ilustração. Vivo entre Barcelona e Benalmádena, na Andaluzia.

Gosto das palavras mas também dos silêncios; das letras e dos espaços em branco; dos amigos e da solidão; de misturar todas as opções para depois me deixar levar pela música do acaso, porque há um momento para cada coisa. A minha maior certeza é tentar não dar nada como certo.

O trabalho para este livro foi laborioso mas também muito fluido. Como todas as coisas na vida, este projeto chegou na altura certa.

A escola da Haru
Coleção:
Pequena Fragmenta
Volume
13
N.º de páginas:
48
Primeira edição:
outubro de 2017
ISBN:
978-84-15518-77-8
Encadernação:
capa dura, 28 x 24 cm
PVP: 14.23
Booktrailer 'A escola da Haru', de Flavia Company e Luciano Lozano (Pequena Fragmenta) Booktrailer 'A escola da Haru', de Flavia Company e Luciano Lozano (Pequena Fragmenta) Booktrailer 'A escola da Haru', de Flavia Company e Luciano Lozano (Pequena Fragmenta)
Booktrailer 'A escola da Haru', de Flavia Company e Luciano Lozano (Pequena Fragmenta)

Booktrailer do  A escola da Haru , com texto de  Flavia Company e ilustrações de  Luciano Lozano . [+]