Regressar

Flavia Company, Luciano Lozano A escola da Haru

A Haru dá o sinal. Começa a dança de movimentos para alcançar a posição adequada. As pernas, os ombros, o olhar, as mãos, o arco. Relaxamento, concentração, observação. Todos respiram ao mesmo tempo, com a pausa necessária para manter a calma. Nada os distrai. Nem o voo das aves nem a leve agitação das árvores mais próximas.
Simultaneamente, como se fossem uma só, as quatro setas saem a voar até ao seu destino, como em breve farão os alunos ao saírem do dojo.

Amb el suport del Departament de Cultura de la Generalitat de Catalunya.

Também disponível em catalão Também disponível em espanhol

Autora

Flavia

Flavia Company. Chamo-me Flavia. O meu nome surpreende sempre as pessoas quando me perguntam como me chamo. Talvez seja por isso que, desde bem pequena, me atraem as palavras. Aos cinco anos comecei a tocar piano e aos sete já queria juntar letras às minhas melodias. Comecei a escrever poemas, depois contos e mais tarde romances.

Um segredo? Estou sempre à procura de ideias debaixo das pedras. E aí as encontro, à minha espera.

Gosto muito de livros. Quando abro um, é como se entrasse numa gruta mágica ou chegasse a um planeta ainda por descobrir. Passo horas e horas a ler, muitas vezes a bordo do meu veleiro, o Proteo. Porque, na verdade, também gosto muito de navegar. Como se fosse um pirata. E, então, imagino que chego a ilhas desertas ou a terras desconhecidas. Que descubro animais que falam ou árvores que andam.

Penso que nós, os que nos dedicamos a escrever, somos muito, mas muito amigos dos que leem os nossos livros. E estou convencida de que vocês também se tornarão muito amigos da Haru e dos seus alunos. Não é verdade que poderiam ser um dos meninos ou meninas que vivem no dojo? Pensem nisso!

Autor

Luciano

Luciano Lozano. Nasci no mesmo ano em que o homem pisou a lua pela primeira vez. Talvez seja por isso que, desde pequeno, viajo muito. Há dez anos que trabalho como ilustrador. Antes, estudei turismo, e todos os meus empregos tinham estado relacionados com viagens, desde agências de viagens a comboios e aeroportos. Estive no Japão duas vezes. A primeira foi uma aventura de cinco dias em Tóquio sem reserva de hotel e sem saber muito bem o que fazer. Regressava do meu primeiro ano de ilustração em Londres e passei os cinco dias a desenhar. Surpreendeu-me imenso a estética japonesa, e tenho a sensação de que essa viagem e essa estética se fundem, de alguma maneira, no meu trabalho de ilustração. Vivo entre Barcelona e Benalmádena, na Andaluzia.

Gosto das palavras mas também dos silêncios; das letras e dos espaços em branco; dos amigos e da solidão; de misturar todas as opções para depois me deixar levar pela música do acaso, porque há um momento para cada coisa. A minha maior certeza é tentar não dar nada como certo.

O trabalho para este livro foi laborioso mas também muito fluido. Como todas as coisas na vida, este projeto chegou na altura certa.

A escola da Haru
Coleção:
Pequena Fragmenta
Volume
13
N.º de páginas:
48
Primeira edição:
outubro de 2017
ISBN:
978-84-15518-77-8
Encadernação:
capa dura, 28 x 24 cm
PVP: 14.51
Booktrailer 'A escola da Haru', de Flavia Company e Luciano Lozano (Pequena Fragmenta) Booktrailer 'A escola da Haru', de Flavia Company e Luciano Lozano (Pequena Fragmenta) Booktrailer 'A escola da Haru', de Flavia Company e Luciano Lozano (Pequena Fragmenta)
Booktrailer 'A escola da Haru', de Flavia Company e Luciano Lozano (Pequena Fragmenta)

Booktrailer do  A escola da Haru , com texto de  Flavia Company e ilustrações de  Luciano Lozano . [+]