Ramon Llull

Regressar

Ramon Llull. Parece que nasci em Maiorca em 1232. Casei e tive dois filhos, mas deixei-os quando me apareceu Cristo crucificado. Desde então dediquei-me a aprender, a contemplar, a escrever e a viajar incessantemente. No meu tempo, toda a gente escrevia em latim, mas eu fi-lo também em catalão e em árabe (quando era novo, também em provençal!). Os eruditos dizem que escrevi 260 obras. Alguns chamam-me Ramon lo Foll (o Louco); outros, Doutor Iluminado. E quem sou eu para julgar se o que escrevi é obra da loucura ou é douta iluminação? Morri em 1316. A minha Arte perdurou no tempo.

Booktrailer do 'Livro do gentio e dos três sábios', de Ramon Llull Booktrailer do 'Livro do gentio e dos três sábios', de Ramon Llull Booktrailer do 'Livro do gentio e dos três sábios', de Ramon Llull
Booktrailer do 'Livro do gentio e dos três sábios', de Ramon Llull

Livro do gentio e dos três sábios , de Ramon Llull | Versão de Ignasi Moreta. Ilustrações de Àfrica Fanlo Era uma vez um gentio, quer dizer, um homem que não praticava nenhuma religião. Era muito sábio mas não tinha nenhum conhecimento de Deus nem acreditava que houvesse alguma coisa depois da morte. Procurando remédio para a sua tristeza, dirigiu-se a um bosque cheio de fontes e de belas árvores de fruto.   [+]